A Ode aos Andes de Stella Jean

Fotos: Vogue.

No message could have been any clearer

If you wanna make the world a better place

Take a look at yourself, and then make a change.

 

Roupas são palavras no discurso da Stella Jean. Em tempos em que o mais relevante de um desfile é a celebridade que senta na primeira fila, a italo-haitiana é uma storyteller com uma mensagem. Para a Spring Summer 2018, a estilista rende tributo ao eternamente rico mundo textil andino, e à rebelião das cholitas bolivianas, ícones de moda e resistência que, historicamente excluídas dos lugares públicos, hoje lutam contra a segregação usando com orgulho os seus trajes tradicionais.

 

 

Ritmos africanos e The Man in the Mirror de Michael Jackson serviram de soundtrack. Ternos monocromáticos ganharam uma twist com sandálias listradas coloridas. Vimos algumas justaposições interessantes: flannel+babados, top esportivo+camisa clássica, jaquetas bomber+vestidos com toque étnico, e até algumas estranhezas que nem a saia de borla+boxer, que nos forneceu de inspiração DIY. Os meus must haves? Aka: o que eu gostaria de poder comprar: as camisetas tipográficas com os nomes das capitais da Bolívia e do Peru!

 

Num mundo dividido, Jean cria um espaço para culturas opostas dialogarem. Feitas para mulheres contemporâneas, hiperconectadas, socialmente comprometidas e sem medo de abraçar a causa dos outros como a própria, as suas roupas transcendem a forma estética para se tornar uma ferramenta de representação e reivindicação do autêntico.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *